Como desenvolver atividades de inclusão social nas organizações

A inclusão social se tornou hoje uma estratégia fundamental para a empresa que busca não apenas diversificar seu quadro de colaboradores, mas também colocar sua missão social em prática. Afinal, é dever das organizações contribuir para o desenvolvimento não só econômico, mas também social.

Por falar nisso, você sabe como desenvolver atividades de inclusão social em sua organização?

Diversifique seu quadro de colaboradores

Diversificar o quadro de colaboradores é uma maneira incrível para gerar inclusão social em sua organização. Nesse contexto, podemos compreender a diversificação como uma estratégia que permite que sua empresa trabalhe com os mais diferentes perfis de profissionais, independe de cor, raça, etnia, religião ou qualquer outro fator de diferenciação.

A diversificação em seu quadro de colaboradores possibilita que sua empresa não apenas se destaque no mercado, mas também faz com que ela seja capaz de captar as mais diferentes ideias, as quais podem ser usadas objetivando seu crescimento.

Dessa maneira, considere incluir em seu quadro de efetivos pessoas de diferentes perfis, origens, orientação, cultura.

Cultive práticas afirmativas

Outra maneira para desenvolver atividades de inclusão social é cultivar práticas afirmativas, ou melhor, ações capazes de garantir que sua organização fortaleça a diversidade ou pluralidade em seu âmbito. Por exemplo, instituir um processo seletivo para recrutar mulheres ou negros para cargos de gestão. Essa é uma boa prática de inclusão social.

Outra prática que posso destacar é o recrutamento às cegas. Trata-se de uma estratégia que permite a sua empresa entrevistar profissionais sem vê-los fisicamente, de maneira a reduzir o viés inconsciente que muitas vezes age na mente dos recrutadores. A ideia é contratar um profissional a partir dos seus conhecimentos e qualificação, e não por conta de sua cor, gênero, religião ou qualquer outro fator que possa gerar sua inclusão ou exclusão.

É possível inclusive realizar um processo às cegas dentro de uma ação afirmativa, isto pois dentro de um universo por exemplo: Processo seletivo exclusivo para MULHERES, há uma infinidade de viéses que podemos considerar como: Idade, aparência, orientação sexual, tipo de faculdade, CEP, etc.

Em síntese, o recrutamento às cegas tem sido hoje uma ótima forma de garantir diversidade nas empresas. Para saber mais, visite a Jobecam.

Invista na qualificação de seus colaboradores

Antes tarde do que nunca, busque também investir na qualificação de seus colaboradores. Afinal, para efetivar a inclusão social em sua empresa é necessário também transformar a mentalidade de sua cultura e, consequentemente, a de seus colaboradores.

Assim, investir em cursos básicos de inclusão social e respeito às diferenças é fundamental para que sua organização consiga obter êxito nessa direção.

Além disso, você também pode implementar ações concretas, como palestras que abordem a temática da inclusão social e atividades que gerem empatia nos colaboradores, de maneira a fazer com que eles sejam transformados.

Agora que você conhece algumas maneiras para gerar inclusão social em sua organização, que tal se organizar para colocá-las em prática? Dessa forma, a sua organização pode cumprir sua missão social, bem como se tornar mais eficiente e produtiva.

Sua empresa tem muito a ganhar a partir do desenvolvimento de atividades de inclusão social na contratação. Aproveitando o contexto, por que não cria grátis uma sala de entrevista às cegas ao vivo agora mesmo? A transformação não custa nada!

#diversidade #inclusao #oportunidade #pessoas #humano #vaga #emprego #entrevistaasceg