ESG, a sigla do momento. Qual sua importância?

Esta sigla tem raízes no mercado financeiro e vem ganhando cada vez mais espaço no mundo corporativo. Podemos notar que, muitas empresas estão criando estratégias para atender aos pilares que compõem a sigla. E as palavras mágicas são: Meio ambiente, social e a governança corporativa, em inglês ESG: Environmental, Social and Corporate Governance.

Uma forma de fácil entendimento, o alinhamento com estes pilares demonstram ao mercado como a empresa se relaciona com o seu entorno:meio ambientecomunidade: social, diversidade governança corporativa: anticorrupção, etc.

Uma empresa ESG tem uma rentabilidade maior que empresas que não atendem aos quesitos, isto porque cada vez mais os investidores estão preocupados com o impacto gerado pelas organizações no planeta. Sem falar que, empresas que investem nestes três requisitos tendem a ter também uma melhor relação com seus clientes, redução de custos, menos processos trabalhistas, valorização da marca, minimização de intervenções regulatórias e legais, é mais competitiva entre outros inúmeros benefícios que impactam diretamente na valorização da Cia.

Diversidade também está nesta pauta, inclusive o Alan Fleischmann da Laurel Strategies, Inc. recomendou em artigo na revista Fortune, que a letra D seja incluída na sigla, ficando ESG D. Diversity.

No artigo ele ratifica que, o foco específico na diversidade pode ajudar a aumentar o número de mulheres, LGBTQ e negros no mundo corporativo. Foco em grupos que ainda são frequentemente deixados de fora do nível de liderança. Investir com atenção à diversidade e incentivar as empresas a se envolverem de forma mais proposital com as populações sub-representação, em geral pode persuadi-las a de fato agir, seja ajustando a forma como recrutam novos funcionários, priorizando oportunidades de orientação ou simplesmente conduzindo conversas de como acelerar a diversidade dentro das organizações.

Elevar a diversidade aumentará a responsabilidade que está faltando nos cálculos dos investidores, é um impacto social de alta importância e necessidade no mundo todo.

O que você está fazendo na sua empresa para colaborar com estas ações tão importantes para a sociedade como um todo?

Atenção: Esse artigo foi publicado originalmente no meu LinkedIn, você pode acessar e compartilhar sua visão sobre o tema comigo por lá clicando aqui.

Ficarei feliz com o seu comentário sobre o tema. E claro, se precisar de ajuda para atração de talentos mais diversos, contem com o time Jobecam!

Cammila Yochabell

Nordestina. A mãe do Ben. CEO da Jobecam. Em 2016 fundei a Jobecam. Uma plataforma 100% digital que torna o processo seletivo muito mais eficiente, acessível e justo por meio da tecnologia de vídeo. Pioneira em entrevista às cegas por vídeo, o “The voice” da seleção.